• Sexta-Feira, 27/11/2020
  • Brasília, C
Entretenimento, informação, crônicas, horários de ônibus e muito mais. Tudo em um só lugar.
Brasília é Aqui: Entretenimento, informação, crônicas, horários de ônibus e muito mais. Tudo em um só lugar.

Turismo Ecológico em Brasília - De Brasília


Foto: Acervo ICMBio

O fenômeno Águas Emendadas

Você já ouviu falar na Estação Ecológica Águas Emendadas? Certamente se tiver ouvido, foi a respeito do Hotel Fazenda que há na região, mas você sabe exatamente o que acontece lá e por que ela é considerada um fenômeno raro?

A Estação Ecológica Águas Emendadas é apenas a mais importante reserva ambiental da América do Sul. Ele abriga inúmeras espécies da fauna e flora brasileira ameaçadas de extinção e é a maior reserva da proteção do cerrado do Brasil.

É uma região que atrai muitos pesquisadores que estudam o cerrado, por sua riqueza natural e principalmente pela proteção à água. 

 

O que há de raro em Águas Emendadas?

O que acontece em Águas Emendadas intriga pesquisadores e curiosos de todo o mundo. Há uma nascente que se cruza e corre em direções opostas. Essas nascentes dão origem a duas bacias importantíssimas para a América Latina, a Bacia Platina e a Bacia Tocantins Araguaia. 

A Estação Ecológica fica localizada a pouco mais de 50 km da região central de Brasília, próximo a Planaltina. É possível agendar uma visita através do Ibram que é o órgão responsável pela sua manutenção e preservação. A visita dura em média 3 horas.

E você pode também conhecer a região e se hospedar no Hotel Fazenda Águas Emendadas.

 

Poço Azul

O Poço Azul é curiosamente a cachoeira mais conhecida da capital. Anualmente dezenas de turistas visitam Brasília para conhecê-la, porém os moradores praticamente não a conhecem ou nunca ouviram falar dela.

Infelizmente a região onde está localizado o Poço Azul sofreu uma grande devastação por conta dos desmatamentos e foi alvo de grileiros, porém a Secretaria do Meio Ambiente proibiu tais práticas na região e elevou a Monumento Natural e Protegido. 

A região abriga algumas cachoeiras e uma delas é o Poço Azul, que leva o nome ao local. O acesso é praticamente o mesmo. A maioria dos visitantes se contenta em ficar apenas na primeira, porém não deixe de conhecer ambas, o visual é incrível e com certeza vale a sua visita.

O Poço Azul fica próximo a Chapada Imperial, sua entrada é pela via DF 001, há uma estrada de chão de cerca de 6 km e depois mais 2 km de caminhada. No local não há restaurantes ou conveniência, é necessário ir equipado com alimentos, lanches e o que for necessário, além de estar preparado para a caminhada.

 

Fica a menos de 1 hora de Brasília e há uma pequena taxa cobrada para a visitação, informe-se antes de sua ida. No momento, essa taxa é de R$10.

 

Parque Nacional de Brasília

Provavelmente você conhece o Parque Nacional de Brasília como Água Mineral. Acertei? Saiba que o parque é muito maior que isso. A Água Mineral é só um dos pontos de interesse nesse complexo ecológico.

O Parque Nacional está localizado às margens da DF 003 (Via EPIA Norte) e abriga a Represa de Santa Maria, responsável por 29% do abastecimento de água do Distrito Federal. 

No Parque Nacional você encontra duas áreas para lazer aquático, a Piscina Nova e a Piscina Velha e os macaquinhos ali presentes são um espetáculo à parte. As piscinas são naturais e abastecidas pelas diversas nascentes presentes no local. Muitos moradores de Brasília utilizam o parque para caminhadas, piqueniques e para andar de bicicleta.

Além das Piscinas, há diversas trilhas onde é possível entrar em contato com a fauna e flora local. Na área do parque também está localizada a divisa de três bacias hidrográficas: Amazônica, do Prata e do São Francisco. Há também o Centro de Visitantes que se assemelha a um centro de exposições. 

O parque cobra um valor de entrada dos visitantes e os ingressos custam a partir de R$12 e são vendidos na entrada.

 

Floresta Nacional de Brasília

A Floresta Nacional de Brasília é carinhosamente chamada de Flona, foi criada em 1999 e é uma importante área de conservação do DF. A região é responsável pela conservação e preservação das nascentes que irrigam a barragem do Descoberto, que é responsável por cerca de 70% do abastecimento do Distrito Federal.

A Floresta Nacional possui várias áreas e a mais visitada e acessível é a área 1, localizada às margens da Via Estrutural. Ela foi criada com o objetivo de proteger os recursos hídricos e a biodiversidade do cerrado.

A Flona possui diversos acessos e o mais importante é o acesso a área 1 que se dá pela BR 070. O responsável pela manutenção e conservação da Flona é o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade, o ICMBio.

A Flona está aberta para os visitantes o ano inteiro e não há cobrança de ingresso para a visitação. A Floresta é muito procurada por suas trilhas para corrida e ciclismo. Muitos Grupos Escoteiros também utilizam as suas dependências para realizar atividades em contato com a natureza.

A Floresta conta com uma vegetação típica do Cerrado e possui muitos pontos para banho em sua extensão. Há uma piscina natural, em especial, que é chamada carinhosamente pelos mais íntimos de Geladeira, ela recebe esse nome porque a sua água é muito fria e para os cinéfilos lembra o cenário de Lost.

As trilhas são os principais atrativos da Flona, é lá que está localizada a maior trilha de mountain bike sinalizada em unidade de conservação do país com um circuito de 44 km, esse é o Circuito Flona.

O Circuito Flona e a Serrinha do Paranoá também formam a Trilha União, que é a maior trilha para mountain bike do Brasil, totalizando aproximadamente 136 km de trilhas contínuas e sinalizadas.

 

Essas regiões são importantíssimas para o desenvolvimento do Distrito Federal e do Brasil. Não deixe de conhecê-las e se encantar com a sua natureza carregada e única.


Horário de Onibus

Indique o número da linha ou nome da cidade.

Informações disponibilizadas por Horário de Onibus DF

www.horariodeonibusdf.com.br