bars

Fim de ano traz alerta em Brasília - De Brasília

Follow

Arte: na área, onde fica o edifício Touring, está prevista a implantação do museu tecnológico - Crédito: Agência Brasília
Paulo Lima 07/12/2021

Faltam poucos dias para acabar o ano, e diante no novo cenário, com a volta aos poucos à rotina, após um longo período de reclusão por causa no novo coronavírus, os brasilienses foram surpreendidos com a chegada da variante da Covid-19, Ômicron – detectada pela primeira vez na África do Sul. 

A Secretaria de Saúde confirmou, no último 2 de dezembro, a infecção de duas pessoas que vieram da África para a capital federal. A notícia trouxe incertezas à população sobre o futuro incerto, com o receio da propagação da nova variante.

No acompanhamento diuturno da possível disseminação da Ômicron, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, resolveu cancelar as festas programadas para o Réveillon 2022 na cidade. “Avançamos muito no enfrentamento da doença e não podemos arriscar um retrocesso”, disse.

Embora o momento desperte dúvidas, as ações a favor da cidade têm sido constantes. O portal Brasília é Aqui reuniu um compilado das notícias que tiveram resultado qualitativo para os brasilienses. Confira!

Itapoã ganha Escola Classe

Foto: Paulo H.Carvalho/Agência Brasília

Com 20% dos trabalhos já realizados e investimento de R$ 8,4 milhões, a escola está sendo construída em uma região de grande vulnerabilidade da cidade | Foto: Paulo H.Carvalho/Agência Brasília

Iniciada em janeiro deste ano, a construção da Escola Classe da 203 do Del Lago promete promover uma revolução na comunidade socialmente vulnerável do Itapoã, transformando a rotina de muitas famílias. De acordo com a Agência Brasília, a escola conta com 20% dos trabalhos já realizados e vai ofertar 800 vagas e deve ser entregue à comunidade em janeiro de 2022. 

A escola, que atenderá alunos do 1º ao 5º ano, nos períodos matutino e vespertino, será composta por três pavimentos e 23 salas de aulas. A infraestrutura também conta com espaços multiuso, biblioteca, laboratório, auditório, refeitório, parque, banheiros e quadra poliesportiva coberta. O investimento da Terracap é estimado em R$ 8,4 milhões.

Planaltina terá leitos de UTIs

O hospital regional de Planaltina terá, pela primeira vez, leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e estrutura para procedimentos de diálise. A boa nova visa mudar a trajetória dos pacientes que são atualmente encaminhados para outras regiões, como Sobradinho, Ceilândia, Samambaia e Plano Piloto, para receberem esse tipo de atendimento especializado.

Com três pavimentos, a edificação terá uma área total de 3.935,49 m² para comportar nove leitos de UTI, dois consultórios e sete poltronas de diálise, além de áreas de internação pediátrica e para adultos, entre outros setores.  “Essa é uma reivindicação de décadas e chega em boa hora”, disse em entrevista à Agência Brasília, o administrador de Planaltina, Célio Rodrigues.

Guará e Núcleo Bandeirante

Imagem: Divulgação/Seduh-DF

Ao longo da via é prevista uma faixa de serviço, entre a calçada e o meio-fio, para postes de iluminação pública, vegetação, lixeiras e sinalização viária vertical | Imagem: Divulgação/Seduh-DF

Melhorias necessárias para quem tem como trajeto a vida entre o Guará e o Núcleo Bandeirante. É que o GDF fará a duplicação de um trecho de 1.130 metros que passa pelo Park Way e a ponte sobre o Córrego Vicente Pires. O local terá uma segunda ponte, novas pistas, calçadas, ciclovia, sinalização, além de uma rotatória de 30 metros de diâmetro e mais vegetação no canteiro central e nas laterais da via.

O objetivo da iniciativa é a reformulação do sistema viário no trecho, onde passam cerca de 12 mil veículos por dia. Também é prevista uma faixa de serviço, entre a calçada e o meio-fio, para postes de iluminação pública, vegetação, lixeiras e sinalização viária vertical. O espaço ainda cria a possibilidade de plantio de árvores e implantação de mobiliário urbano.

Radiografia Taguatinga

Foto: Davidyson Damasceno/Iges-DF

Os exames com raios-X no CRT são feitos via demanda espontânea, a partir da apresentação do pedido médico pelo paciente | Foto: Davidyson Damasceno/Iges-DF

O compromisso com a área da saúde tem sido assertivo no DF. Desta vez, o destaque é para o Centro Radiológico de Taguatinga (CRT), que retomou as atividades em 5 de outubro e em poucos dias atingiu a marca de realização de mais de 2 mil exames de imagem. No local também são realizadas radiografias panorâmicas de odontologia. 

O CRT começou a operar um novo serviço na unidade. Os pacientes terão acesso ao ecógrafo na unidade com capacidade para realizar 100 exames por semana. Além disso, até o final do mês, o CRT deve receber mais um deste aparelho e um mamógrafo, que pode fazer 50 mamografias por semana. A comunidade certamente agradece. 

Brasília vai ganhar museu

No aniversário de Brasília, em 2022, o governo promete presentear a cidade com o Museu de Arte, Ciência e Tecnologia, em construção no prédio do antigo Touring Club. A instalação será possível por causa do Projeto de Lei Complementar (PLC) n° 90/2021, de iniciativa do Poder Executivo, aprovado no plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). Agora, o texto seguirá para a sanção do governador Ibaneis Rocha.

O PLC, elaborado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh), inclui o uso cultural e define os parâmetros urbanísticos do lote 1 do Setor Cultural Sul (SCTS) do Plano Piloto. Na área, onde fica o edifício Touring, está prevista a implantação do museu tecnológico. Um ganho expressivo para a capital federal. 

Creche em Sol Nascente

O Portal Brasília é Aqui vibra com as entregas de obras às cidades que mais precisam de atenção especializada. É o caso do Sol Nascente que recebeu do governador Ibaneis Rocha a primeira creche pública, que é o Centro de Educação da Primeira Infância (Cepi) Jandaia. No total, o investimento foi de R$ 3,75 milhões e a unidade vai atender 188 crianças de até três anos em período integral.

O governador Ibaneis lembrou, em pronunciamento durante a entrega da creche, que houve dedicação e esforço da gestão para colocar as crianças nas unidades escolares do DF.  “Quando assumi em 2019, tínhamos 22 mil crianças nas filas para entrar numa creche e hoje diminuímos pela metade esse déficit. E faremos mais e mais”, adiantou.